Praia Naturista em Ubatuba-SP.
Só depende de nós.
25/11/2017

O estado de São Paulo poderá ter a 9ª praia oficial para prática do Naturismo.

"Estamos reivindicando à Prefeitura da Estância Balneária de Ubatuba-SP, a liberação e oficialização de uma praia para a prática do naturismo, regida pelo código de ética da FBrN . O naturismo é um estilo de vida que promove o respeito ao próximo e à natureza."


Imagem: Eduardo Knapp/Folhapress
Praia de Massarandupió
Praia de Massarandupió, na Bahia, que tem trecho destinado para a prática do naturismo.





Com o apoio de um vereador de Ubatuba, alguns naturistas da região contaram com a presença dos dirigentes de grupos oficiais do estado de São Paulo (NIP, Nós Naturistas e NatVale) além de uma representante da própria FBrN (Simone Rodrigues) para começarem um movimento de legalização da tão sonhada praia naturista no estado de São Paulo.


Imagem: FBrN
COmpetição de Surf em Tambaba-PB
Competição Open de Surf e Encontro de Naturistas na praia de Tambaba-PB

O projeto ainda não foi apresentado a câmara. No último sábado (25/11/17) foi somente discutida a viabilidade de concederem uma das praias de Ubatuba para a prática. Tudo está sendo documentado para a formalização do projeto final, e como uma andorinha sozinha não faz verão, foi criado um abaixo assinado virtual no site de Petição Pública, onde os apoiadores poderão participar dando força, mesmo de longe, para o projeto.

Esse é somente o primeiro passo, pois se o projeto for aprovado, a praia precisará de uma associação federada, composto por voluntários para manter a ordem e o respeito no local, como é nas demais praias naturistas pelo brasil.


Imagem: Zanotto Digital
Mapa das praia de Ubatuba
Qual dessas se tornará uma praia naturista?
Clique na imagem para explorar um pouquinho cada uma delas

O litoral de Ubatuba é vasto, composto por mais de 100 praias, os naturistas e simpatizantes concordam que não haverá problemas se em somente uma dessas praias, o naturismo que segue o código de ética da FBrN, como as demais oficiais pelo Brasil, seja legalizado. Por conta das poucas praias e locais existentes para a prática, o naturista acaba viajando quilometros, sozinho ou acompanhado de sua família, para poder vivênciar essa prática com segurança.



Conheça a biblioteca virtual da FBrN

Que tal você também ajudar nessa conquista? Seu apoio além de importante se faz necessário para que esse projeto vá para a frente.

Conforme diz o jargão do mais recente grupo federados de São Paulo, juntos somos mais!



Assine você também para colaborar com o naturismo brasileiro



Fontes e imagens:

Texto adáptado de Mundo Despido
Arquivos FBrN
Uol Estilo
Zanotto Digital

São Paulo, 25 de novembro de 2017.